Feeds:
Posts
Comentários

Obras tão impressionantes a ponto de determinar um movimento, o Impressionismo. Filho de um simples comerciante, Monet nasceu na França, em 1840. Aos 19 foi estudar pintura em Paris, onde acabou conhecendo sua futura esposa, Camille Doncieux. Dono de quadros famosos como ”Impressão, nascer do sol”, “O vestido verde” e “Camille”, o pintor teve de enfrentar uma catarata no fim de sua vida. Mesmo doente, não parou de pintar. Mas morreu alguns anos depois, em 1926, aos 86 anos.

Camille

Camille

Monet tem alguns de seus quadros expostos no Museu de l´Orangerie, uma galeria de arte impressionista e pós-impressionista localizada na Place de la Concorde, em Paris.

Musée de l´Orangerie

Musée de l´Orangerie

Instalado no “Hotel Salé”, construção do século 17, situado no tradicional bairro do Marais, o Museu Picasso de Paris foi inaugurado oficialmente em 23 de setembro de 1985 e abriu as portas ao público em 1º de outubro do mesmo ano. O local foi inteiramente restaurado e adaptado para receber as obras do artista.

O museu Picasso não é muito grande, possui um percurso cronológico, dos primeiros anos até as ultimas obras do pintor. Seu acervo foi formado com as mais de 3.000 obras que o governo francês recebeu da família do artista como imposto por transmissão de herança.
Preço do ingresso: €7.70 – gratuito para menores de 18 anos e entrada livre todos os primeiros domingos de cada mês.

hotel-sale1

Picasso
Pablo Ruiz Picasso espanhol e naturalizado francês. Escultor, artista gráfico e ceramista. Considerado por muitos o maior artista, e o mais versátil do século XX, nasceu em Málaga, no sul da Espanha, em 25 de outubro de 1881.

Após um falso início como estudante de arte em Madri e um período de Boêmia em Barcelona, Picasso fez a sua primeira viagem a Paris em outubro de 1900. A cidade continuava a ser a capital artística da Europa e foi lar permanente do artista desde abril de 1904.

Durante este período, o trabalho de Picasso foi relativamente convencional, passando de uma Fase Azul melancólica (1901-05) para a Fase Rosa, mais alegre e delicada (1905).

No final da década de 1930, quando o impulso criativo de Picasso parecia finalmente estar enfraquecendo, os acontecimentos o levaram a criar o seu quadro mais famoso: Guernica. Esta obra foi uma resposta aos horrores da Guerra Civil Espanhola.

Apesar de tudo, os republicanos perderam a guerra civil, e Picasso ficou exilado da sua terra natal para o resto da sua longa vida. Artisticamente prolífero até o fim de seus dias, morreu aos 91 anos em 8 de abril de 1973.

Guernica

Guernica

Museu Matisse

O museu está localizado em Nice, França, e expõe documentos de vida e obras do artista francês Henri Matisse. O museu foi inaugurado em 5 de Janeiro de 1963 e abriga cerca de 70 pinturas, 60 esculturas, mais de 200 desenhos, 100 fotografias e 187 objetos pessoais do artista.

O museu Matisse é um dos mais belos de Nice e arredores, e oferece histórias da vida de Henri, e entretém os visitantes com efeitos que dão forma a personalidade e caráter de Matisse.

Musee_Matisse_2

Henri Matisse

Henri-Émile-Benoît Matisse foi um pintor, escultor e desenhista francês do Fauvismo (movimento artístico nascido em Paris por volta de 1905.). É conhecido por seu trabalho com as cores brilhantes e sua técnica. Matisse está entre os mais importantes artistas do século XX.

Henri nasceu em Le Cateau, França em 31 de dezembro de 1869 e morreu em Cimiez subúrbio de Nice, em 2 de novembro de 1954.

Obras de Henri Matisse.

Conhecido no mundo todo por abrigar a grande ‘Mona Lisa’, de Leonardo da Vinci, o Museu do Louvre, localizado em Paris, possui um acervo com mais de 380 mil itens e expõe permanentemente 35 mil deles, distribuídos em oito enormes departamentos. Mais de 7 milhões de pessoas passam pelos saguões do museu por ano.
O Louvre localiza-se no centro de Paris, próximo à Torre Eiffel, entre o Rio Sena e a Rue de Rivoli.

328331_6070

Cartão Musée

Um dos orgulhos da França, além do charme e beleza, é a incrível variedade de museus, galerias e salões que abrigam todos os tipos de arte, e expressões culturais. E seus habitantes investem e fazem de passeios culturais, parte das aplicações financeiras mensais.
Devido a infinidade de espaços artísticos, as cidades são bem estruturadas para receber os turistas de forma organizada e agendada, evitando assim multidões. Em cidades como Paris, as filas são evitadas com a compra do cartão Musée (Museus e Monumentos Card) com antecedência no Posto do Turismo de Paris, que concede acesso ilimitado e prioridade de visitas a 65 locais na ‘Cidade das Luzes’.

Olá Internautas, criamos este blog com intuido de mostrar e tirar dúvidas sobre os charmosos museus Franceses. Indicaremos os melhores, falaremos de suas curiosidades, além de dar dicas sobre a história de uma dos países mais românticos do mundo.

Sejam Bem vindos e aproveitem.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.